E o palhaço o que é? (Parte 2)

Atualizado: 5 de Ago de 2020

No dia Nacional do Circo, o "Olhar do Palhaço" promoveu um bate-papo entre Silvio Messias (Lorenzo) e Fabiana Cardoso (Bafi) e alguns convidados sobre "O que é o palhaço", este ser que simboliza a alma do circo.

Aqui está a segunda parte deste bate-papo:

Aproveite e assine nosso canal!

Veja também o primeiro episódio:


E O PALHAÇO O QUE É? (PARTE 1), VEJA NO BLOG!

E o palhaço o que é? (Parte 2)


Abrimos este episódio com um pequeno trecho do "Livro do Palhaço" de Cláudio Thebas, "Palhaços pela própria natureza":

"Todo mundo nasce palhaço. Sem exceção. Basta observar as crianças pequenas para perceber que elas têm todas as qualidades que um bom palhaço deve ter: são atrapalhadas, sinceras, espontâneas e, por tudo isso, muito engraçadas. Elas não tem o menor medo do ridículo, até porque não fazem ideia do que seja isso.


Infelizmente, com o passar do tempo, de tanto ouvir "que feio", "que ridículo", "que isso", "que aquilo", o palhaço que nasceu com cada criança (isto é, com todos nós) começa a sentir medo, vergonha e decide se esconder. E vai se escondendo, se escondendo... até que um dia some dentro da gente. (De vez em quando ele aparece por conta própria. Na hora do banho, por exemplo, quando a gente canta e dança sem ninguém ver. Mas é fechar a torneira e - zupt! - ele some de novo.)


Quando uma pessoa decide ter essa profissão, tem que aprender a reencontrar, sempre que quiser, o palhaço que estava escondido. E isso não é fácil, porque o tempo passou, o palhaço lá dentro também cresceu, e agora não se sabe quase nada sobre ele. Só com muito trabalho, muita pesquisa de si mesmo é que se pode ir descobrindo como é que ele anda, fala, gesticula e pensa.


Uma grande diferença entre ser ator e ser palhaço é esta: um ator é capaz de interpretar de corpo e alma um personagem que não tem nada a ver com ele (pode ser uma pessoa muito boa, por exemplo, e fazer o papel do mais cruel dos tiranos). O palhaço não interpreta um personagem, ele usa seu corpo e a alma para dar vida àquele que já existe no seu interior (Roberto Benigni diz que um palhaço interpreta a si mesmo.)"


SAIBA MAIS SOBRE O AUTOR:

Cláudio Thebas (Olímpio)


Conheça nossos convidados:


Vinny Oliveira (Batatão)